29.11.16

Praias selvagens de São Paulo

As praias  paradisíacas do Litoral Norte


A microrregião de Caraguatatuba (área conhecida também por Litoral Norte) é uma das microrregiões do estado brasileiro de São Paulo pertencente à mesorregião Vale do Paraíba Paulista. Está localizada na porção mais ao norte do litoral paulista, fazendo fronteira com o estado do Rio de Janeiro. É um local turístico muito popular, principalmente por conta das cerca de 160 praias ali presentes.

O litoral de São Paulo é encantador. Além das praias, de areias finas e águas transparentes, passeios de barco, ilhas, trilhas, cachoeiras e várias atrações. Ladeadas por montanhas cobertas pela densa e exuberante Mata Atlântica, são um convite ao prazer.

Bertioga

Mesmo com 40 km de praias, parte da orla ainda não é urbanizada. Tem trilhas, mangues, restinga e Mata Atlântica. Um bom passeio é conhecer a Usina de Itatinga, alcançada por trilha ou de bonde.

Itaguaré 

A praia é extensa (3 km), com faixa de areia larga e dura e mar agitado, perigoso para banhos e bom para surfe. É a única praia preservada da cidade e vem sofrendo com a especulação imobiliária.
Ela não possui construções e a maior parte de sua orla é composta por Mata Atlântica nativa.
Mas alguns trechos já estão sendo desmatados. O acesso até a praia é feito pelo canto esquerdo da Praia de São Lourenço, onde fica a Riviera de São Lourenço. Outro acesso é pela Rodovia Rio-Santos, logo antes de cruzar o Rio Itaguaré, onde ficam várias barracas de ostras. Nesse ponto sai uma estrada de terra que vai até a barra do rio, onde pode-se alugar caiaques e canoas para fazer passeios.
O Rio Itaguaré forma lagoas de água doce na praia de mata primitiva. O mangue à beira do rio é procurado por pescadores.
Humaitá camping - João Ramalho - Enseada - Bertioga: área para barracas, chalés, cabanas e trailers, em frente ao mar, excursões e caminhadas por trilhas ecológicas, e muitas outras atrações.

Guarujá

As praias mais distantes do Centro, como Éden e Pernambuco, são um pouco menos movimentadas e oferecem boas opções de esportes náuticos. Durante o verão, ou em feriados prolongados, é comum ocorrer congestionamento nas estradas de acesso e longas filas na balsa para Santos.

Branca ⛱ 

Cercada por vegetação, tem ondas fortes e areia clara. A praia Branca em Guarujá, também conhecida como Prainha Branca, é isolada, acessada apenas por trilha (15') ou barco.
A trilha faz com que o aventureiro comece a ter contato com campings, pousadas e restaurantes, tudo bem rústico!
 A vila de pescadores e surfistas ainda tenta preservar esse local mais escondido em SP.  Possui diversas casas  e está localizada dentro de uma reserva ambiental. A praia Branca é uma praia para quem busca tranquilidade fora de época.
Em temporada, principalmente em feriados prolongados, a praia fica muito lotada e com grande agitação, os bares ficam cheios e normalmente tocam musica ao vivo. Há uma pequena ilha frente a praia que, em épocas de maré baixa, é possível ir caminhando até ela. É necessário muito cuidado pois se a maré subir, o retorno fica perigoso.

Camping Tabajara -  Morro 115 - Prainha Branca, Guarujá: infraestrutura, trilha, aventura, lazer e natureza.

Pernambuco ⛱ 

Muito procurada para esportes náuticos. Tem 1,5 km de areia fina, clara e solta e um mar de ondas de médias a fortes.
Você que gosta de ilha, a praia de Pernambuco foi agraciada com uma, há apenas 1,6 km da costa. Uma relíquia natural que poucas praias tem o privilégio de ter. 
É a ilha dos arvoredos, famosa no local e visitada diariamente por centenas de turistas que visitam a cidade. A visitação é monitorada e a ilha é totalmente autossustentável, o que é gratificante e maravilhoso.
Se você não gosta de muitas pessoas em um mesmo local, a praia de Pernambuco é simplesmente mais perfeita ainda para você. A praia é visitada por poucas pessoas se comparada as outras praias vizinhas, o que é ótimo, diga-se de passagem.

Camping Cantão - Praia Branca - Guarujá: infra-estrutura com banheiros masculinos/ femininos, duchas frias/ quentes, poço artesiano, ambiente junto à natureza com lanchonete.

São Sebastião

Litoral de 100 km com enseadas, ilhas e praias de características únicas, desde as mais procuradas e badaladas da costa sul até outras, pacatas e escondidas por elevações da Serra do Mar. Há passeios de barco para as ilhas de Alcatrazes, das Couves, dos Gatos e Montão de Trigo.

Cambury ⛱ ⛱

Frequentada por jovens, tem areia fina e branca. À direita ondas altas e fortes são as preferidas dos surfistas.

Camburizinho 

No lado oposto, depois do Rio Cambury e de uma pequena ilhota, fica o Camburizinho, pequeno trecho de praia com ondas razoavelmente calmas. Boa para banho.

Pousada e Camping Camburi - Estrada do Camburi - Praia de Camburi, São Sebastião:
arborizado,  banheiros, cozinha comunitária, churrasqueira, a 100 m da praia, área  estacionamento, pontos de luz.

Boiçucanga ⛱ 

Praia de tombo, em forma de ferradura, com areia amarelada e fofa. Reúne a melhor estrutura de serviços e lazer ao sul de São Sebastião, com várias pousadas, camping e restaurantes. Para mergulhos, pesca ou passeio, a Ilha dos Gatos é a mais indicada. A 2 km do povoado estão 3 belas cachoeiras, na encosta da Serra do Mar (acesso pela Estr. do Cascalho, mais 10' de caminhada).

Camping Porongaba - Trav. Periquitos - Praia de Boiçucanga - São Sebastião: área murada,cercada, iluminada, arborizada, pontos energia (220 v), estacionamento, churrasqueiras, banheiros. Aberto 24h.

Cacau - Camping & Beach Bar - R. Silvério Nunes dos Passos - Praia de Santiago, São Sebastião: área frente ao mar, pontos energia, banheiros masculinos e e femininos.

Camping Maresias - Av. Dr. Francisco Loup, Praia de Maresias, São Sebastião: estacionamento, pontos de luz, banheiros, próximo ao comércio.

Brava ⛱ 

O mar violento justifica o nome e a fama dessa praia deserta e selvagem, encravada nos costões da serra entre Boiçucanga e Maresias. As ondas fortes atraem surfistas, e uma pequena cachoeira próxima ao canto direito. O acesso, por uma trilha íngreme, é uma atração à parte. Em dias chuvosos é muito difícil chegar.

Calhetas ⛱ ⛱ 

Minúscula, selvagem, com um contorno singular: avança entre pedras e areias brancas, apresentando duas faces para o mar. A melhor maneira de chegar nesse paraíso é pegar um ônibus e descer na rodovia (o acesso, próximo ao km 144, é feito por um condomínio, onde é abusivamente dificultado por proprietários de casas. O visitante às vezes é obrigado a deixar o carro ao lado da rodovia (o que é proibido). A partir da portaria, são dez minutos (600 m)de caminhada tranquila até a areia. Vale a pena a abordagem por via marítima.

Maresias ⛱ ⛱ 

Badalada, tem 4 km de areias claras e finas e um mar muito verde. Durante o dia, surfistas aproveitam o mar de ondas fortes, e muita gente bonita curte o clima de paquera na areia (no canto esquerdo, um pouco mais tranquilo, famílias também marcam presença). Na temporada há campeonatos de surfe, canoagem e natação. Em frente à praia há uma laje submersa com recifes e, ao longo, a Ilha de Alcatrazes é procurada para mergulho.

Ilhabela

As águas calmas no lado voltado para o continente são boas para banho e esportes náuticos. Já o lado de mar aberto atrai surfistas e aventureiros. 
A maior parte de Ilhabela foi declarada Parque Estadual. Há trilhas para as cachoeiras do Gato, da Lage e da Água Branca. Há prática de mergulho na Ilha das Cabras e, principalmente, visita aos navios naufragados em volta da ilha.
Os borrachudos continuam incomodando a vida do visitante. Em julho há a Semana da Vela e, em agosto o festival do Camarão.

Castelhanos ⛱ ⛱ 

Procurada para surfe, é um porto seguro para barcos e costuma receber a visita de golfinhos. Essa praia é a estrela de Ilhabela: tem longa faixa de areia, com quase 2 quilômetros de extensão, e mar de águas claras, entrecortado por cachoeiras e piscinas naturais. Além da bela caminhada pela mata há um banho de rio ou, depois de 40', a Cachoeira do Gato. Há outras praias primitivas com acesso por trilha (20') através do morro que sai do canto direito. Chegar lá não é fácil, é preciso atravessar uma estrada de 22 km com trecho de terra precário e impraticável em dias de chuvas, que corta o Parque Estadual da ilha. Recomendável ir com veículos com tração nas quatro rodas. Leva 1h30 de lancha ou 3h de saveiro.

Indaiatuba ⛱ 

Tem cerca de 200 m e faixa larga de areia. As ondas são fracas, mas o vento sul pode mudar tudo (em torno da Ponta do Boi foram registrados diversos naufrágios, assim como na região que vai da Ponta do Sepituba até a Ponta da Sela).

Enchovas ⛱ 

A principal característica são paredões naturais de pedras no final da faixa de areia. Bem em frente, no mar, ficam as pedras que formam a Ponta das Enchovas. Acesso só de barco.

Bonete ⛱ 

Procurada para surfe, é considerada o Cabo Horn de Ilhabela por causa dos fortíssimos ventos sul que sopram. Disputa com Castelhanos o título de praia mais bonita de Ilhabela. Tem cerca de 400 m, com um rio no lado esquerdo, as canoas da vila caiçara completam o cenário. Acesso de barco ou de carro (até Borrifos) e mais 4h de caminhada.

Caravela Pousada & Camping Ilhabela - Av. Cel. Jose Vicente de Faria Lima - Praia do Perequê: espaço para camping em meio a natureza com toda a infraestrutura necessária.

Camping  Pedras do Sino - Situado em frente a uma das praias mais bonitas de Ilhabela, na Av. Perimetral Norte (Praia de Garapocaia), com área de 6.000 m², o terreno é bem alto, montanhoso, com uma bonita paisagem: dali se avista todo o canal, até Caraguatatuba.

Camping Canto Grande - Fica na Praia Grande , Av. Riachuelo, ao sul da ilha ,  ocupa uma área de 6.500 m².

Camping Palmar - no bairro Barra Velha, na Av. Princesa Isabel, a 5 km da vila e a 2 km da praia do Perequê.

Ubatuba 

Há praias desabitadas como a pequena Cassondoca e interessantes passeios de barco. Aqui ainda se pode encontrar a Mata Atlântica bem preservada. São 309 mil ha (80% da área de Ubatuba), pertencentes ao Parque Estadual da Serra do Mar, que incluem em seus limites praias semidesertas, ruínas de fazendas, comunidades caiçaras e cachoeiras. Várias operadoras oferecem mergulho nas ilhas das Couves, Palmas e Ramadas.

Cassandoca e Cassandoquinha ⛱ 

A primeira tem orla primitiva com amendoeiras. Na segunda, extensa e desmatada, há uma trilha para se chegar a Cassandoquinha. Ambas tem mar calmo.

Cedro e Deserta 

São uma das praias mais lindas da cidade do litoral norte de São Paulo, e se mantém preservadas (e desertas, como o nome da segunda indica) por causa da dificuldade de acesso. É preciso encarar (40') a pé por trilha a partir da Praia Grande do Bonete, ou a partir do canto direito da praia da Fortaleza. O mar, de tons de azul esverdeado, é calmo e forma várias piscinas naturais. 

Brava da Almada ⛱ ⛱ 

A praia Brava da Almada é uma das 5 de Ubatuba que fazem parte da área de preservação do Núcleo Picinguaba do Parque Estadual da Serra do Mar. Tem boas ondas, e por isso, recebe muitos surfistas. Acesso por trilha que parte da Praia da Fazenda ou da Almada.

Puruba ⛱ ⛱ 

Acesso por estrada cortada em plena mata. Passeios nas trilhas, pesca e mergulho. Praia de extensa areia branca. Um barqueiro faz a travessia do rio entre 7h e 17h. Os rios Puruba e Quiririm, que se encontram para desaguar no mar, cercam a praia. 

Prumirim ⛱ ⛱ 

Há uma cachoeira no canto esquerdo da praia que forma piscina natural, onde o rio deságua e o mar é calmo e bom para banho - em frente fica a selvagem Ilha do Prumirim, é destino de passeios de escuna e um lugar perfeito para o mergulho. Índios guaranis vendem artesanato.

Félix ⛱ ⛱ 

Praia de tombo e ondas fortes, com orla sombreada por amendoeiras e abricós. Boa para pesca. O canto esquerdo é bom para surfe; o direito, de águas calmas e transparentes, bom para mergulho livre e banho. Em terra, uma trilha leva a Praia das Conchas, encravada ao pé do morro. Há poucas barracas de lanches e bebidas. O acesso é feito por uma estradinha ao lado de um condomínio, à beira da rodovia.

Itamambuca ⛱ ⛱ 

Famosa no circuito de surfe por causa das ondas constantes: em julho são realizadas etapas dos circuitos nacionais e internacionais. Por isso, espere encontrar frequentadores jovens. Praia extensa e de areias claras, o canto esquerdo, cujo acesso é feito por um condomínio, é frequentado por famílias. E no direito, rola muita agitação. 

Itaguá Camping - Av. Leovigildo Dias Vieira, Praia do Itaguá, Ubatuba: área gramada e arborizada, pontos de luz (220 v), banheiros masculinos/ femininos, churrasqueiras.

Camping Tio Gato - R. Manoel Soares da Silva, Praia de Itamambuca, Ubatuba: na reserva ecológica da Mata Atlântica, banheiros privativos, chuveiros quentes/ frios, pontos de luz.

Para os apreciadores do camping selvagem, um só endereço: a Ilha Anchieta. E saindo de Ubatuba, a 9.4 km, o da Praia Vermelha.


Curiosidades

Navio centenário é encontrado na Praia do Embaré (SP), com suposto "tesouro" escondido dentro dele.

Você provavelmente adorava encontrar coisas sob a areia da praia quando era criança. Imagine então nessas andanças pelo litoral descobrir um navio? 
Isso aconteceu no fim de agosto, em Santos, litoral de São Paulo, quando funcionários da limpeza urbana se depararam com destroços de uma embarcação emergindo graças à erosão na faixa de areia na Praia do Embaré. 
Agora, uma equipe que conduz uma sondagem no local afirma que a embarcação, de mais de 100 anos, contém um “tesouro” escondido.

Uma sondagem feita em 21 de setembro revelou a presença de um objeto não identificado de metal, do tamanho de um carro popular, dentro do navio. Não é possível saber do que se trata, mas uma equipe de seis profissionais, já aguarda a liberação da Marinha do Brasil para começar os trabalhos de escavação prévia em trechos da área.
O objeto dentro da embarcação tem seis metros de comprimento por dois de largura e, a partir dessa informação e das outras acima, os arqueólogos já especulam o que pode ser. 
Os materiais encontrados, madeira e metal, levaram à interpretação de se tratar de uma embarcação centenária. “Ferro e madeira não foram mais usados depois desse período, por isso, deve ter mais de 100 anos. Certamente é uma embarcação muito antiga, que ainda requer investigação minuciosa”.
Enquanto nada é confirmado, os palpites já começaram. A equipe, que é composta também por historiadores e arquitetos portugueses, tem como objetivo fazer um recorte histórico da embarcação.
E por enquanto, a hipótese levantada que segue de pé é a de que seja o veleiro inglês Kestrel, que encalhou em Santos em 11 de fevereiro de 1895.


Seja lá o que for encontrado lá dentro, o aparecimento dos destroços e a condução da escavação arqueológica já são história suficiente para os moradores dos arredores da Praia do Embaré. Afinal, não é todo dia que um navio centenário com um suposto tesouro começa a surgir da areia.



2 comentários:

  1. Há delícias fantásticas como essas praias, curto desde muito novinha, hoje bem longe chegam-me essas imagens, que deliciam-me a minhas memórias como marlene pina lopes soares da lomba as lembranças nos meus 57 anos de vida ainda se fazem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marlene, tudo bem?
      É mesmo, as lembranças deixam saudades. Mas a idade não importa muito, porque você ganha experiência, sabedoria e muitas amizades nesses lugares. Um bom exemplo é a maioria de meus amigos "tudo na faixa de mais de 60 anos". Então, suas memórias podem vir a se tornar realidades, é só querer!
      Um abraço, e volte sempre.

      Excluir